Carolina Deslandes

Carolina Deslandes e Jimmy P juntos em 'Mercúrio'

Bem-vindos a “Mercúrio”, o planeta de Carolina Deslandes e Jimmy P que, a partir de hoje, é também o EP que reúne 5 temas originais de dois dos mais talentosos artistas da música contemporânea nacional. 

A quarentena recente abriu uma cápsula de tempo e espaço para que as linguagens distintas dos dois amigos de longa data se encontrassem para criar ‘Don’t Let me Down’, ‘Jogo Sujo’, ‘Ruas da Cidade’, ‘Leva-me a Casa’ e ‘Dizer Adeus’ que dão vida a‘Mercúrio’. Recorde-se que o gosto por trabalharem juntos havia sido revelado em “Contigo”, uma primeira colaboração que resultou num single de enorme sucesso, lançado em Março de 2019 e que ainda hoje passa nas principais rádios nacionais.

Carolina Deslandes e Jimmy P decidiram revelar tudo sobre “Mercúrio” hoje, de uma vez só, músicas e vídeos, deixando apenas para depois a apresentação ao vivo da obra que forjaram juntos. 

Paralelamente a este lançamento, Carolina Deslandes continua a trabalhar no sucessor de ‘Casa’, aquele que será o seu quarto álbum de originais, e Jimmy P também está a preparar os singles que irão anteceder o seu quinto álbum de originais. Até lá, ouçamos “Mercúrio” e a reflexão de cada um dos artistas sobre a sua concepção:

 

Mercúrio Smartlink

 

Carolina Deslandes:

O ‘Mercúrio’ surge como um escape emocional numa altura em que o confinamento se tornou irrespirável. Sentíamos falta de criar, de nos voltarmos a sentir artistas na nossa rotina e na nossa cabeça. Eu já tinha dito ao Jimmy que queria muito fazer um projecto com ele, mas na correria das nossas vidas nunca se tinha proporcionado. Foi este o momento. São canções e histórias divididas entre dois universos, dois artistas, dois pais e dois amigos. O Jimmy fez com que eu elevasse a minha escrita e a minha essência enquanto artista, saio deste projecto uma nova Carolina. E gosto mais desta. 

Falamos de tudo, com a crueza e a poesia que existem na vida de todos. Com tudo o que há de mais mundano e de mais metafísico. Criamos um planeta paralelo para que estas canções pudessem servir de escape, também, para quem as ouve e o nome Mercúrio ilustra isso mesmo. Quando pesquisamos sobre ele descobrimos que Mercúrio é o planeta de Virgem e Gémeos. Tanto eu como o Jimmy somos Virgem com ascendente em Gémeos e tomamos isso como um sinal. Este era o nosso nome. Esta é a consagração de uma amizade e admiração que trazemos há muito tempo. ‘Mercúrio’ não é nosso, é de toda a gente.

 

Jimmy P:

Este projeto concretiza um desejo antigo de fazer música em parceria com outro artista. Acredito que este projeto acontece numa altura muito simétrica das nossas vidas. Somos amigos de longa data, somos pais, e creio que nos encontrámos num lugar espiritual e emocional muito parecido, daí este encontro musical ter acontecido de forma tão natural e honesta. Contudo, é importante salientar que nasce de uma necessidade, de nos sentirmos vivos e músicos, numa altura em que estamos impedidos de fazer espetáculos. Entre a monotonia do confinamento e as rotinas diárias com os filhos, foi em chamadas em FaceTime a altas horas que encontrámos em ‘Mercúrio’ uma forma de manter a sanidade. Ao longo deste processo houve uma partilha despretensiosa e genuína que resultou nestas histórias e canções. Além de amigo, sou fã da Carolina, que é para mim a melhor compositora da nossa geração. Esta experiência fez-me crescer, explorar sonoridades e territórios para os quais não tenho uma inclinação natural. 

‘Mercúrio’ é a representação do equilíbrio no que diz respeito à polaridade (masculino/ feminino), um pouco como acontece neste projeto. É o equilíbrio entre dois artistas com linguagens muito distintas, mas que encontram em ‘Mercúrio’ um lugar e um espaço de confluência onde o seus imaginários se fundem numa mesma identidade.

DON´T LET ME DOWN
JOGO SUJO

31 Julho 2020
Partilhar:

Newsletter

Receba as nossas novidades