Pedro Abrunhosa

Pedro Abrunhosa mostra versão inédita de 'É Preciso Ter Calma' e retoma digressão com salas esgotadas

Em Novembro do ano passado, Pedro Abrunhosa e os Comité Caviar celebraram em quatro noites inéditas nos Coliseus de Lisboa e Porto as músicas de 'Espiritual', o mais recente álbum de originais do músico, a par de outros momentos da sua discografia num registo diferente do habitual. 'Poético, despojado, sustentado na fragilidade das Canções sem lhes perder nem a força nem o mistério.' Foi assim que Pedro Abrunhosa se referiu ao concerto que pensou especialmente para os Coliseus. É de uma das noites no Porto o registo em vídeo da versão especial que fez para 'É Preciso Ter Calma', um dos seus clássicos maiores, que agora partilha.

“É Preciso Ter Calma” ao vivo no Coliseu, Porto

Sobre os concertos esgotados no Coliseu do Porto, o Jornal de Notícias escreveu: ''E se dúvidas ainda houvesse de que seria uma noite para despir sentimentos, o compositor nascido do jazz acabaria por avisar: 'Este espetáculo não é para entreter, é para sentir'. Por isso, não basta cantar as canções dele com ele, coisa que o público até fez quase do início ao fim do concerto. É preciso prestar atenção às letras. Cada vez mais, porque Abrunhosa é isso: o escritor de canções que não ignora o país e o mundo onde vivemos.''

Em fase de composição e escrita, Pedro Abrunhosa regressa hoje à estrada, com o Teatro Municipal de Vila Real esgotado para o receber, acontecendo o mesmo amanhã em Tomar e no dia 21 em Olhão. A agenda completa de concertos pode ser consultada abaixo.

Paralelamente à música, Pedro Abrunhosa encontra-se ainda a comissariar o ciclo de conferências “Arte e Espiritualidade” em cooperação com a Fundação Serralves, tal como aconteceu em 2019. “Belo no Horror, horror do Belo” dará o mote à próxima conferência agendada para a primeira semana de Março, em data a anunciar, num convite à discussão em torno das temáticas de ódio e violência, contando com as presenças de Esther Mucznik, Paulo Moura e Francisco José Viegas. Este ciclo de conferências tem vindo a criar na Fundação Serralves diálogos entre espiritualidade, ciência, filosofia, religião e pensamento com vultos do universo cultural europeu como D. Tolentino de Mendonça, Siza Vieira, Gonçalo M. Tavares, Pedro Cabrita Reis, Lídia Jorge, Joana Vasconcelos, ou o filósofo francês Luc Ferry, entre muitos outros.

 

Próximos concertos

7 Fevereiro > Teatro Municipal de Vila Real, Vila Real (ESGOTADO)
8 Fevereiro > Cine-Teatro Paraíso, Tomar (ESGOTADO)
21 Março > Auditório Municipal de Olhão (ESGOTADO)
2 Maio > Ovibeja, Beja
23 Maio > Feira de Leiria, Leiria


07 Fevereiro 2020
Partilhar:

Newsletter

Receba as nossas novidades