Tiago Nacarato

Tiago Nacarato é um dos cantautores mais completos e coerentes da música portuguesa actual, a quem se vaticina uma longa e sólida carreira. 

Filho de pais brasileiros, nasceu no Porto num contexto familiar musical e a isso se deve a influência que a linguagem da música popular brasileira e da bossa nova têm na sua identidade. 

Aos 18 anos Tiago Nacarato decidiu investir na sua educação musical, inscrevendo-se na escola de música Valentim de Carvalho onde teve aulas de canto, guitarra, treino auditivo, teoria musical e combo.

Durante esse período surgiram as primeiras oportunidades, sendo que um dos marcos mais importantes vem na sequência de um convite de Pedro Cardoso (Peixe dos Ornatos Violeta), seu professor na altura, para integrar uma orquestra de guitarras e baixos eléctricos, projecto esse que pisou palcos como Serralves em Festa, Hard Club ou Casa da Música. 

O regresso às raízes brasileiras acontece uns anos depois quando se junta à Orquestra Bamba Social como vocalista, um projecto que reúne músicos luso-brasileiros residentes no Porto e que presta tributo a vários clássicos da música brasileira, recriando-os e acrescentando novas sonoridades. Juntos já lançaram “Sorria” ou “Na Fé”, tema que dá nome ao primeiro álbum de originais da banda. 

Desde 2018 que Tiago Nacarato apresenta o seu projecto a solo em palco, tendo passado por inúmeras salas emblemáticas como o Centro Cultural de Belém, em Lisboa, a sala Suggia, no Porto, ou o Convento São Francisco, em Coimbra. No final desse ano estreou-se ainda no Brasil, onde actuou para salas esgotadas e com direito a sessão dupla em São Paulo, Rio de Janeiro, Fortaleza e Belo Horizonte.

“Lugar Comum”, o disco de estreia editado em Outubro de 2019, levou-o novamente aos concertos no Brasil e trouxe-o de volta para actuar nos palcos de alguns dos maiores festivais nacionais, como o MEO Marés Vivas, NOS Alive ou Festival F.

Em Fevereiro de 2020 participou como compositor no Festival RTP da Canção, com o tema “Passe-Partout”, interpretado por Bárbara Tinoco. Este é apenas um exemplo das parcerias em que o encontramos - só para o seu disco de estreia convidou nomes como Ana Bacalhau, Salvador Sobral, Paulo Novaes ou Paulinho Moska - e recentemente, já em 2021, editou o single “Areia Fina” com Fran e participou em “Vejo-te Aqui", música  de Irma.

Para Tiago Nacarato a música só faz sentido se chegar ao público, ao dele e ao dos outros. Neste contexto, durante a pandemia surgiu o projecto “Casulo”, em que se assume como curador e que ajuda a promover o trabalho de 7 artistas, através de 7 episódios e de 7 concertos na sua cidade, o Porto.

Tiago Nacarato é um artista bem alinhado com o seu tempo, o da colaboração.



Newsletter

Receba as nossas novidades