Picas

É com uma guitarra que Picas melhor se expressa, com melodias doces e poemas-canção. Foi no seu quarto, com quinze anos, que esboçou as suas primeiras canções e aprendeu os primeiros acordes. 

Apaixonada pelo universo da escrita e das artes, licenciou-se em Ciências da Comunicação com especialização em Cinema e ainda durante a licenciatura, estudou Jazz no Hot Clube de Portugal, onde aprofundou a sua relação com a música. 

Em 2020, participou no The Voice Portugal onde se deu a conhecer como intérprete. O passo seguinte foi apresentar-se como compositora e letrista na sua língua materna, com os seus dois primeiros singles: Orquídeas e Volta Para Mim (em parceria com AGIR).

Editou, em 2023, o single de verão Nos Meus Lençóis, onde começou a explorar novas sonoridades dentro da música pop. A roupagem indie é ampliada em Tatuagens, onde Picas combina os universos acústico e eletrónico, resultando numa música com atmosfera nostálgica e enigmática. 

Tatuagens faz parte de uma trilogia de singles que contam uma mesma história. Os três temas, a editar em 2024, serão os primeiros capítulos do primeiro álbum de uma artista distinta no panorama musical português.

Newsletter

AO CLICAR EM SUBSCREVER ACEITO RECEBER OS COMUNICADOS DE IMPRENSA ENVIADOS PELA SONS EM TRÂNSITO - ESPECTÁCULOS CULTURAIS LDA. DE ACORDO COM OS SEUS TERMOS, CONDIÇÕES E POLÍTICA DE PRIVACIDADE.