O Terno

Ao quarto álbum, o power trio brasileiro contraria a tendência generalizada de apostar em singles isolados e  apresenta uma obra conceptual sólida, para ouvir do início ao fim. Com arranjos orquestrais mais refinados e grandiosos do que nos trabalhos anteriores, ‘O Terno’ chega a um lugar musical que ultrapassa fronteiras esperadas e conhecidas, seja do jazz, indie, MPB, música erudita ou rock. O som alcançado é, de resto, o verdadeiro protagonista da banda, fazendo com que a guitarra e voz de Tim Bernardes, o baixo de Guilherme e a bateria de Biel Basile estejam ao serviço desse bem maior. Assistir a um concerto d’ O Terno é testemunhar o pulsar da boa nova música brasileira.

“Definitivamente existencialista, o quarto álbum da banda paulistana retrata momento de maturidade, com despedidas, novas chegadas e arranjos de cordas.”
Rolling Stone Brasil

Newsletter

Receba as nossas novidades